sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

DIVULGANDO

Caros amigos,

Quero compartilhar com vocês, os 5 novos artigos publicados no DIVERSA. Os conteúdos foram elaborados por especialistas em educação inclusiva e tratam de temas relacionados a políticas públicas, estratégias pedagógicas e princípios do atendimento de estudantes com deficiência em escolas comuns. 

Artigo 01 | A partir de sua experiência como diretor da Henderson Inclusion School nos Estados Unidos, Bill Henderson conta quais são as Três atitudes sem as quais a inclusão não acontece. Segundo o autor, nem todas ferramentas juntas serão eficazes se os educadores não se concentrarem nas capacidades do indivíduo, investirem na construção de relacionamentos positivos e estiverem determinados a fazer seus alunos atingirem todo seu potencial.

Artigo 02 | Em Estratégias pedagógicas para a Educação Física inclusiva, a professora Fernanda Pedrosa de Paula aponta caminhos possíveis para uma prática docente que respeita e valoriza as diferenças humanas.

Artigo 03 | Maria Tereza Eglér Mantoan, doutora em Educação e Coordenadora do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diferença (Leped) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), questiona como dar conta do trinômio qualidade, diferença e inclusão em seu artigo Qualidade e inclusão no ensino médio: o que a diferença faz?

Artigo 04 | A escola particular pode negar matrícula ao estudante com deficiência? Em Negativa de matrícula: reflexão sobre essa conduta ilegal, a gerente de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, Rosângela Machado, esclarece os princípios que fazem dessa prática recorrente uma atitude atentória e ilegítima.

Artigo 05 | Em A paralisia da ignorância, Rodrigo Hübner Mendes comenta a reivindicação ajuizada em agosto deste ano pela Confederação Nacional do Estabelecimentos de Ensino (Confenen) contra artigos do Estatuto da Pessoa com Deficiência. A ação que busca permitir que escolas privadas cobrem valores adicionais de alunos com deficiência será julgada em breve pelo plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília.

Aprenda no SILÊNCIO!!!

Espero que minhas contribuições te enriqueçam de alguma forma.