sexta-feira, 21 de setembro de 2012

MOÇÃO APROVADA NO 3º Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Intérprete

Olá, Pessoal.




Segue, abaixo, cópia da MOÇÃO APROVADA NO 3º Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa.





Abraço.


Publicamos a abaixo a Moção aprovada no 3º Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa, ocorrido em Florianópolis, SC, entre os dias 15, 16 e 17 deste mês. Em breve publicaremos o vídeo com essa Moção em Língua de Sinais brasileira. Leiam e divulguem!



Congresso de Tradutores e Intérpretes de Libras repudia Nota Técnica do MEC contra as Escolas Bilíngues para Surdos


18 de agosto de 2012


Nós, pesquisadores, profissionais e participantes do III Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa, repudiamos a Nota Técnica nº 34/2012 da Diretora de Políticas de Educação Especial do MEC, Martinha Clarete Dutra dos Santos, de 16 de julho de 2012, em resposta à FENEIS, que propôs uma comissão para elaboração e implementação de uma Política Nacional de Educação Bilíngue para Surdos.



A proposta da FENEIS, instituição de representação máxima dos Surdos Brasileiros, filiada à WFD – Word Federation of the Deaf, que, por sua vez, é vinculada à IDA – International Disability Alliance, que implementou junto à ONU a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, tem o respaldo de sua proposta no artigo 30 da Convenção. Os argumentos sobre os quais se baseia a Nota Técnica n. 34/2012, portanto, violam os Direitos Linguísticos e Culturais da Comunidade Surda, pois a proposta do Atendimento Educacional Especializado – AEE, reforçada na nota, impõe um único modelo educacional que não atende a diversidade dos alunos surdos, uma vez que obriga a pulverização, de todos os alunos surdos e com deficiência auditiva, nas várias escolas comuns espalhadas pelo Brasil, sem que tenham contato com seus pares surdos.



Esses contextos educacionais de AEE restringem o acesso dos alunos surdos ao atendimento com intérpretes de Libras (com profissionais que, em muitos casos, não têm o conhecimento educacional necessário à tarefa de tradução e interpretação). O Atendimento Educacional Especializado – AEE, conforme proposto, limita-se à complementação e à suplementação do ensino, no contraturno das escolas comuns, que estão, equivocadamente, sendo tratadas como se fossem Escolas Bilíngues. Essa é a orientação dada pelo MEC aos Estados e Municípios.



A nota técnica, ainda, acusa os espaços organizados a partir da surdez como espaços de uma ‘educação segregacionista’. Cumpre-nos dizer que os muitos argumentos na nota técnica citada não encontram respaldo nas sérias pesquisas concluídas nas áreas da Linguística, Educação e Tradução, que envolvem estudos surdos.



Esses são os principais argumentos defendidos pelos participantes do III Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa, do qual participaram também intérpretes atuantes nas escolas inclusivas, inclusive, com apresentação de trabalhos que atestam contrariamente à forma como o MEC, por meio da Diretora Martinha Clarete, tem agido contra a proposta de Escola Bilíngue, que defende a Libras como Língua de Instrução e a Língua Portuguesa escrita como segunda língua.



Mais uma vez repudiamos o pensamento e a atitude anti-inclusiva da proposta apresentada pelos técnicos do MEC, pois, na verdade, propõe a exclusão da maioria dos surdos do processo educacional. Nesse sentido, defendemos a nossa posição até ‘as pontas dos dedos de nossas mãos’, pois se baseiam na língua de sinais brasileira que é a língua de principal acesso da maioria dos surdos brasileiros à comunicação, à interação e ao conhecimento.



Florianópolis, 17 de agosto de 2012.


Fonte: http://bilinguesparasurdosja.com/2012/08/18/congresso-de-tradutores-e-interpretes-de-libras-repudiam-nota-tecnica-do-mec-contra-as-escolas-bilingues-para-surdos/






Nenhum comentário:

Aprenda no SILÊNCIO!!!

Espero que minhas contribuições te enriqueçam de alguma forma.