segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O Papel do Intérprete Educacional

Olá,

Tal como em muitas profissões, o Intérprete em LIBRAS pode especializar-se em uma determinada área. Ele pode atuar na área Judicial, Educacional, Hospitalar..etc.
Eu me especializei em Intérprete Educacional, atuo na área de Educação. O breve resumo que coloquei abaixo sobre quem é este profissional, faz parte de uma das palestras que faço na área que atuo.

  • INTÉRPRETE EDUCACIONAL
    Que profissional é este?

    É a pessoa que sendo fluente em LIBRAS e Língua Portuguesa, tem a capacidade de verter em tempo real (interpretação simultânea) ou, com um pequeno espaço de tempo (interpretação consecutiva), da LIBRAS para o português ou deste para a LIBRAS (SILVA, 2007, p.49).

    POSTURA ÉTICA
    Não pode interferir na relação estabelecida entre o surdo e o ouvinte, a menos que seja solicitado;
    Deve agir com sigilo, discrição, distância e fidelidade a mensagem interpretada, à intenção e ao espírito do locutor da mensagem;
    Ter disciplina e uma clara consciência de seu papel;
    Ter estabilidade emocional.

    ATUAÇÃO DO INTÉRPRETE EDUCACIONAL NA ESCOLA
    Medeia a comunicação entre:
    Professores e alunos;
    Alunos e alunos;
    Pais;
    Funcionários;
    Comunidade escolar;
    Participa de seminários, palestras, fóruns, debates, reuniões e demais eventos de caráter educacional.

    ATUAÇÃO DO INTÉRPRETE EDUCACIONAL NA SALA DE AULA
    O espaço pertence ao professor, sendo o aluno de sua responsabilidade;
    O intérprete é, apenas, um mediador da comunicação e não um facilitador da aprendizagem;
    Não cabe ao intérprete a tutoria dos alunos com surdez;
    É importante que o professor e os alunos desenvolvam entre si interações sociais e habilidades comunicativas, de forma direta, evitando-se, sempre, que o aluno com surdez, dependa totalmente do intérprete.

    CONDUTA PROFISSIONAL DO INTÉRPRETE
    Responsabilidade;
    Assiduidade;
    Pontualidade;
    Posicionamento no espaço de interpretação;
    Aparência pessoal;
    Domínio de suas funções;
    Interação com os alunos;
    Postura durante as avaliações.

Um comentário:

convivendo com educação disse...

ESTE MATERIAL É MUITO RICO EM INFORMAÇÕES, PARA QUEM PROCURA SABER MAIS SOBRE A INCLUSÃO EU O RECOMENDO.

Aprenda no SILÊNCIO!!!

Espero que minhas contribuições te enriqueçam de alguma forma.